Artigos

Fraudes envolvendo criptomoedas não são raridade no Twitter


Fraudes envolvendo criptomoedas não são incomuns no Twitter e uma nova aconteceu na tarde desta quarta-feira (15), quando perfis de bilionários e famosos foram invadidos e uma mensagem postada prometia "pagamento em dobro" por depósitos em bitcoins.
Até a noite desta quarta, o golpe que alcançou contas no Twitter como as de Jeff Bezos, dono da Amazon e homem mais rico do mundo, e Bill Gates, fundador da Microsoft, teria arrecadado cerca de R$ 650 mil.
1 de 1 Mensagem com golpe envolvendo bitcoin apareceu no Twitter de Jeff Bezos, dono da Amazon — Foto: Reprodução/Twitter Mensagem com golpe envolvendo bitcoin apareceu no Twitter de Jeff Bezos, dono da Amazon — Foto: Reprodução/Twitter
Em 2018, um único golpe semelhante já tinha conseguido faturar algo equivalente (na época), em 24 horas. Os hackers invadiram contas verificadas no Twitter e trocaram o nome e a imagem dos perfis para imitar a conta do também bilionário Elon Musk, proprietário da fabricante de carros elétricos Tesla. Musk também foi vítima do golpe desta quarta.
Na mesma época, a conta oficial do G Suite (cesta de serviços do Google para empresas) também foi invadida e promoveu um golpe de Bitcoin.
Em abril deste ano, o Twitter desabilitou o serviço de postagem por SMS, para melhorar a segurança do serviço. Uma das marcas do Twitter, quando foi lançado, era a limitação de 140 caracteres por mensagem - o que permitia que um tuíte fosse publicado com um único torpedo.
O desligamento da publicação por SMS começou ainda em setembro de 2019, depois que mensagens não autorizadas foram publicadas no perfil do presidente do Twitter, Jack Dorsey. Os invasores conseguiram acesso ao número de telefone dele, que então foi usado para fazer as publicações por SMS.
A empresa ainda não esclareceu como os hackers conseguiram invadir as contas nesta quarta.

Fonte: G1


« Voltar
WhatsApp